Gestão: como manter a saúde financeira da sua empresa em 4 passos

Em meio a tantos imprevistos, a palavra de ordem para manter uma empresa em dia é: “gestão“. Você acha que isso se resume apenas ao pagamentos de contas, controle do fluxo de caixa e outras atividades corriqueiras? Pois, saiba que precisamos ter uma conversa muito séria. 

Aliás, já fizemos um artigo recomendando 3 ferramentas de gestão gratuitas para pequenos negócios, que você confere aqui.

Gestão é a alma do negócio e nos próximos parágrafos, vamos te explicar o porquê. 

4 passos para controlar as finanças do seu negócio 

A vida do pequeno empreendedor não é fácil. Principalmente nos primeiros meses do negócio. Portanto, cada centavo que entra no seu caixa precisa ser bem direcionado. Sabemos que não é da noite para o dia que se vira um grande empreendedor, mas é possível seguir passos fundamentais para evitar algumas derrapadas comuns decorrentes da falta de gestão. 

Em sua cartilha voltada para o microempreendedor individual, o Sebrae aponta os 4 grandes processos que orientam a melhor forma de ganhar dinheiro. São eles: Fazer, Vender, Controlar e Liderar. E com relação ao controle a regra é clara: sem controle não se conhece resultados.

Agora, fique de olho nestes 4 passos para facilitar o controle da sua empresa.

1) Separe seus gastos pessoais e os da empresa

Finanças pessoais e empresariais não se misturam de jeito nenhum. Porém, esse é um erro muito comum entre os pequenos empreendedores. É importante ter contas bancárias e cartões de crédito diferentes. Assim, você não vai cair na tentação de usar o dinheiro da empresa para gastos pessoais ou vice-versa. Também é interessante definir um salário, que será destinado a suprir as suas despesas como pessoa física.

Em 4 passos simples você consegue fazer a gestão financeira do seu negócio
Em 4 passos simples você já consegue controlar as finanças da sua empresa e estar preparado para qualquer imprevisto

2) Saiba precificar

Essa parece uma tarefa fácil, contudo não é. Aprender a calcular a sua margem de lucro vai muito além de quanto algo custa e por quanto é vendido. É preciso levar em consideração fatores como os impostos sobre o seu negócio, os gastos com fornecedores, despesas mensais (aluguel, internet, luz, água), custos recorrentes para manter a empresa aberta etc.

Dessa maneira, você vai entender realmente quanto vale o seu produto (ou serviço). Além de tudo isso, o preço também deve ser condizente com o mercado.

3) Planeje gastos e recebimentos futuros

Ninguém gosta de viver com a corda no pescoço, porém muitos empreendedores ainda têm dificuldade de fazer planos a longo prazo. Toda empresa precisa de planejamento. Fazer a gestão das finanças vai te permitir entender se a empresa vai ter lucro ou prejuízo no futuro.

Por exemplo, se você consegue prever que vai ter lucro dentro de dois meses, em vez de recorrer ao crédito com juros altos, você pode renegociar com seus fornecedores. E se você identificar que dentro de um determinado período vai ocorrer uma queda nas vendas, você também pode se preparar criando um fundo de emergência.

Se você ainda está começando a empreender, veja o nosso artigo com 5 lições sobre negócios para levar para 2021.

4) Mantenha um controle rigoroso das finanças

Você ainda faz a gestão da sua empresa em um bloco de anotações ou em planilhas super complexas? Pois, saiba que esse não é o melhor caminho. Quanto mais organizada e informatizada estiverem as suas finanças, mais fácil será acessar as informações para tomar uma decisão eficiente e rápida. Automatizar a gestão do seu negócio também te deixa com mais tempo livre para focar em outras coisas, como inovação, estratégia de marketing ou reciclagem de estudos.

Artigos relacionados

Plataforma digital: tudo que você precisa num só lugar

Com a restrição às lojas físicas por conta da Covid-19, muitas pessoas recorreram às compras online. Por isso, pensar em uma Plataforma...

Como usar as redes sociais para atrair clientes e vender mais

O que fazer para atrair clientes e vender mais? A resposta para essa pergunta é a chave do sucesso para qualquer empreendedor....

Como vender mais usando o chat online?

Você já parou para pensar que pode vender mais e aumentar o faturamento da sua empresa usando o chat online? Segundo relatório...

Pix: TUDO o que você precisa saber para o seu negócio

O Pix uma nova forma de pagar e receber sem usar dinheiro, boletos ou cartões de crédito e débito. Ou seja, é...

Superar: 3 empreendedores vão te inspirar a se reinventar na pandemia

Vivemos um longo ano desde o início da pandemia de covid-19. Aprendemos a lidar com o medo de um vírus pouco conhecido,...

3 ações infalíveis para fidelizar clientes no pós-venda

Fidelizar clientes é o sonho de toda empresa porque um cliente fiel, além de sempre comprar com você, ainda indica o seu...

Artigos recentes

Saiba como fazer a gestão de fluxo de caixa da sua empresa

Sabemos que ter o controle da sua empresa é uma tarefa importante e um grande desafio para quem cuida das finanças do...

4 livros sobre empreendedorismo que você deve ter na cabeceira da sua cama

No universo do empreendedorismo conhecimento vale ouro. Pode até ser que algumas pessoas já venham com algumas habilidades "originais de fábrica", mas...

Saiba como apoiar o pequeno empreendedor no Dia das Mães

Não tem como negar, o Dia das Mães é uma data que causa um verdadeiro alvoroço no consumo varejista. No ano passado,...

Imposto de renda MEI: 4 erros que você não pode cometer

Se você acompanha o nosso blog, já deve saber que fizemos um artigo bem completo sobre Declaração de Imposto de Renda MEI....