Empreendedorismo: 3 passos básicos para ter um negócio de sucesso

Empreender é uma tarefa árdua, que exige muita dedicação, determinação e coragem. Neste ano difícil, o empreendedorismo cresceu e bateu recorde no Brasil, com aproximadamente 25% da população adulta envolvida na abertura de um novo negócio ou com um negócio com até 3,5 anos de atividade. Muitas pessoas optaram por driblar a crise do coronavírus abrindo o seu próprio negócio e, se você também quer entrar para esse time e está se perguntando como empreender, continue lendo este artigo. 

Não existe fórmula mágica para ter um negócio de sucesso, mas tem alguns passos básicos que você pode seguir na hora de tirar a sua ideia do papel. Lembre-se que empreender é um trabalho de formiguinha, o que significa que você precisa conseguir traçar um horizonte a longo prazo para o seu negócio. “O que você quer fazer?”, “Onde quer chegar?”, “O que pretende fazer para atingir esse objetivo?”. Responder a essas perguntas já é um ótimo começo.  

LEIA MAIS: 5 dicas para se destacar no empreendedorismo digital

3 passos básicos para começar a empreender 

Se você continuou com a gente é porque realmente quer ter o seu próprio negócio e precisa de uma ajudinha para começar, certo?

Então, se concentre aqui e prepare-se para começar a sua jornada de empreendedorismo! 

1) Informe-se 

A gente não quer iludir ninguém, por isso sempre falamos a verdade por aqui: empreender requer esforço. E o primeiro passo é estar sempre informado. Informe-se sobre o seu mercado, as novidades do setor, o que as pessoas estão fazendo e que funciona bem ou até mesmo quais são os passos que você já viu que não dá certo e que não deve seguir. Além disso, consuma material de qualidade sobre empreendedorismo. Uma boa dica é o Programa Avançar, um canal do Grupo Santander feito para ajudar os empreendedores com conteúdos exclusivos sobre fluxo de caixa, gestão, meios de pagamento e muito mais. Aqui você pode ver direitinho como o programa funciona. 

2) Monte seu plano de negócio 

Um plano de negócio nada mais é que um documento no qual você define os objetivos da sua empresa e o que você vai fazer para que eles sejam alcançados, minimizando riscos e incertezas. Isso é algo muito importante porque você vai conseguir visualizar todas as etapas do processo empreendedor, que inclui análise de mercado, plano de marketing, plano operacional, plano financeiro, entre outros. Fazer um plano de negócio não vai impedir que você cometa erros, mas vai evitar que eles aconteçam por falta de planejamento. O Sebrae tem um material completo com o passo a passo para montar o plano de negócio perfeito. 

3) Formalize a sua empresa 

Agora é hora de partir para a ação e transformar o seu sonho em realidade. Na hora de formalizar o seu negócio você tem dois caminhos: 

  1. Ser MEI 
  2. Abrir uma microempresa 

Saiba um pouco mais sobre cada uma dessas opções:

  • MEI: Fazer o registro como Microempreendedor Individual (MEI) é o processo menos burocrático e mais simples, até porque você pode fazer quase tudo online. No portal do Governo Federal você encontra todas as informações que precisa para se tornar MEI. Lembre-se de circular apenas pelo site oficial e saiba que não é preciso pagar nada para ter o seu CNPJ. Desconfie caso caia em algum site que cobra para fazer o registro. 
  • Microempresa: A abertura de uma microempresa já é um processo um pouco mais complexo. Você vai ter que fazer o registro na prefeitura ou na administração regional da cidade onde a sua empresa vai funcionar, no estado, na Previdência Social e na Receita Federal, além de outras licenças dependendo da atividade a ser exercida. 

A principal diferença entre ser MEI e ME está no faturamento do seu negócio. Enquanto o microempreendedor individual tem limite de faturamento anual de R$ 81 mil, a microempresa pode ter uma receita bruta anual de até R$ 360 mil.

Dicas de ouro para o empreendedor 

E para você que está começando agora, que tal ouvir a voz da experiência? E claro que isso fica ainda mais interessante quando se trata da voz de alguém que obteve muito sucesso. Separamos alguns conselhos de grandes empreendedores para te inspirar.

Não tenha medo de errar 

Você sabe quem é Amancio Ortega? Nada mais e nada menos que o homem que co-fundou a Zara junto de sua ex-esposa, Rosalia Mera. O que começou como um pequeno negócio familiar na Galícia, no norte da Espanha, virou um império que revolucionou a indústria do varejo de moda. Atualmente, Ortega é uma das pessoas mais ricas do mundo, que também controla marcas do grupo Inditex, como Massimo Dutti, Stradivarius, Oysho, Pull & Bear e conta com mais de 7.500 lojas no mundo todo.

Mas você acredita que ele abriu a sua primeira loja em 1972 e a fechou em 1979? Foi justamente reconhecer esse “fracasso” inicial que o fez transformar tudo isso em aprendizado e desenvolver as ideias fundamentais para o seu novo projeto de negócio. 

Seja ousado 

É quase um clichê mencionar Steve Jobs, cofundador da Apple quando se fala de empreendedorismo, mas o legado que ele construiu foi muito além do seu tempo aqui entre nós. Apesar de ter falecido em 2011, seu império é tão sólido que continua entre os negócios mais bem-sucedidos do mundo. Não à toa, a Apple levou pelo 8º ano consecutivo o título de marca mais valiosa do mundo pelo ranking “Marcas Globais Mais Valiosas 2020”, da consultoria Interbrand. Uma de suas frases mais emblemáticas é: 

“Ser o homem mais rico do cemitério não é importante para mim. Ir para a cama todas as noites dizendo que fizemos algo extraordinário… isso é o que importa para mim.” 

Steve Jobs sempre quis desafiar o status quo e foi a sua busca incessante por inovação que o levou a alçar vôos tão altos. Se você ainda precisa de motivação, dê uma olhadinha nesse lendário discurso do Steve Jobs feito na formatura da turma de 2005 da Universidade de Stanford. 

Priorize as pessoas 

Luiza Trajano é presidente do Conselho de Administração do Magazine Luiza e a mulher mais rica no ranking da Forbes Brasil. O seu maior feito? Ela é a responsável pelo grande salto de inovação e crescimento da rede varejista que se transformou no maior ecossistema digital do país, totalizando mais de mil lojas em 18 estados e com mais de 30 mil colaboradores. A empresária sempre faz questão de ressaltar em suas entrevistas o quanto valoriza as pessoas. 

“Dizem que eu sou inteligente, alcancei o sucesso. Mas, na verdade, eu sei fazer perguntas, estou pronta para ouvir o que as pessoas pensam. E quando falo “pessoas”, me refiro também aos clientes e colaboradores”, disse Luiza durante um bate-papo virtual realizado pelo Comitê de Jovens Empreendedores (CJE), da Fiesp e pelo Núcleo de Jovens Empreendedores do Ciesp (NJE). 

Quer mais uma dose de inspiração? Então clica no vídeo abaixo para assistir uma palestra imperdível da Luiza Trajano. 

LEIA MAIS: Como começar um negócio: 3 ideias para entrar em 2021 com o pé direito

Aposto que você já está preparado e louco para começar a empreender, não é mesmo? Conte com a Getnet para gerenciar o seu negócio e implementar as melhores soluções de pagamento, no físico e no digital. Você pode contratar os nossos serviços pelo site da Getnet ou pela nossa Central de Relacionamento (4002 4000 e 4003 4000- regiões metropolitanas ou 0800 648 8000- demais localidades).

Artigos relacionados

Como começar um negócio: 3 ideias para entrar em 2021 com o pé direito

Você também está em clima de retrospectiva, fazendo planos, traçando metas para o ano novo e, até mesmo, pensando em como começar...

Empreendedorismo feminino: agora é que são elas!

Já falamos aqui sobre como empreender não é uma tarefa fácil e que exige muito esforço, dedicação e coragem. Ainda assim, a...

3 soluções digitais para otimizar o seu negócio

Com a crise do coronavírus, algumas tendências chegaram com força no universo dos negócios e devem permanecer no longo prazo. Segundo levantamento...

Pix: TUDO o que você precisa saber para o seu negócio

O Pix uma nova forma de pagar e receber sem usar dinheiro, boletos ou cartões de crédito e débito. Ou seja, é...

Como o Pix pode ser útil para as empresas?

O Pix é uma nova forma de realizar pagamentos no país. A expectativa para a chegada deste novo modelo...

3 dicas de como vender pelo WhatsApp

Vender pelo WhatsApp já é uma realidade e, se você quer ganhar dinheiro assim, então veio ao lugar certo. Aqui você vai...

Artigos recentes

Tempo de desaprender: entenda como isso pode impulsionar seu crescimento

O mundo está em constante transformação e quem não acompanha o ritmo acelerado das mudanças corre o risco de ficar para trás....

Como priorizar o cliente na minha estratégia de crescimento?

Quem acompanha o Negócio de Sucesso, provavelmente, já leu em algum artigo a frase "o cliente é rei". E não é à...

Perfil empreendedor? Confira os diferentes tipos e descubra o seu

No ano passado, o Brasil bateu o recorde no cadastro de novos empreendedores. Segundo dados do Sebrae, foram 2,6 milhões de registros...

Descubra quando o frete grátis vale a pena no seu e-commerce

As vendas online estão em alta. De 2019 para 2020, os negócios digitais registraram um aumento de 185%, levando o setor a...